Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘imprensa livre’

Publicado em dezembro 11, 2010 por outrapoliticaemsampa

Julian Assange, The Australian / Esquerda.net, 7 de dezembro de 2010

A WikiLeaks cunhou um novo tipo do jornalismo: o jornalismo científico. Trabalhamos com outros serviços informativos para trazer as notícias às pessoas, mas também para provar que é verdade.

Em 1958 o jovem Rupert Murdoch, então proprietário e editor de The News de Adelaide, escreveu: “na corrida entre segredo e verdade, parece inevitável que a verdade ganhe sempre”.
A sua observação talvez reflectisse a revelação do seu pai, Keith Murdoch, de que as tropas australianas estavam a ser sacrificadas desnecessariamente nas costas de Gallipoli por comandantes britânicos incompetentes. Os britânicos tentaram calá-lo, mas Keith Murdoch não se deixou silenciar e os seus esforços levaram ao fim da campanha desastrosa de Gallipoli.
Quase um século depois, a WikiLeaks está também a publicar destemidamente factos que precisam de ser publicados. (mais…)

Anúncios

Read Full Post »

Publicado em dezembro 10, 2010 por outrapoliticaemsampa

Heether Brooke, do The Guardian, 10 de dezembro de 2010

A diplomacia sempre incluiu jantares com as elites dominantes, acertos de bastidores e encontros clandestinos. Agora, na era digital, os relatos de todas estas festas e diálogos aristocráticos pode ser reunido numa enorme base de dados. Uma vez recolhidos em formato digital, é muito fácil compartilhá-los.
Na verdade, é para isso que a base de dados Siprnet, de onde os segredos diplomáticos norte- americanos são vazados, foi criada. A comissão governamental criada nos EUA para avaliar a segurança nacional após o 11 de Setembro fez uma descoberta notável: não era o compartilhamento de informações que ameaçava os EUA, mas o não-compartilhamento. (mais…)

Read Full Post »

Pierre Tristam, FlaglerLive.com, November 29, 2010

Undressing The Scams and Shams of Government Secrecy

As I’m writing this, the New York Times, the Guardian in the U.K. and Der Spiegel in Germany are publishing the third in a series of huge document “dumps” by Wikileaks, Julian Assange’s non-profit whistleblower website that since 2006 has been unmasking government and corporate secrets.
Wikileaks this time is releasing 250,000 documents-diplomatic cables that remove the veil from the U.S. State Department’s assumption that anything it does in backchannels is nobody’s business but its own even as it twirls the fates of millions. (mais…)

Read Full Post »