Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \11\UTC 2010

Publicado em janeiro 10, 2011 por outrapoliticaemsampa

Esquerda.net, 10 de janeiro de 2011

A intimação atinge colaboradores, incluindo uma deputada islandesa. Facebook e Google podem também ter sido intimados. Governo islandês pede explicações a embaixador dos EUA.

Um tribunal federal dos Estados Unidos, a pedido do Departamento de Justiça do governo americano, intimou o Twitter a entregar detalhes das contas do WikiLeaks e de vários dos seus colaboradores, alegando que esses dados são necessários para uma investigação criminal relacionada com a divulgação de documentos confidenciais.

O pedido inclui a informação detalhada das contas do Twitter, como mensagens privadas, acessos de IP, e-mails, moradas, contas bancárias e cartões de crédito de Julian Assange e de Bradley Manning, da deputada islandesa Birgitta Jónsdóttir, e dos activistas da WikiLeaks Jacob Appelbaum e Rop Gonggrijp. A intimação foi emitida em 14 de Dezembro, dava um prazo de três dias ao Twitter para que fosse cumprida e impedia a empresa de revelar fosse o que fosse aos visados. O Twitter, porém, apelou, pedindo que os visados fossem notificados e tivessem um prazo de dez dias para se pronunciarem. O tribunal acedeu, e só assim a intimação foi tornada pública.

Facebook e Google também foram intimados?
Em comunicado, a WikiLeaks afirmou que a intimação é parte de uma investigação secreta de Washington por espionagem. “Se o governo iraniano tentasse mediante coerção obter informação sobre jornalistas e activistas estrangeiros, os grupos de direitos humanos ao redor do mundo pronunciar-se-iam a esse respeito”, afirmou a nota.

Como a abrangência do caso parece grande e a WikiLeaks só foi informada pelo Twitter, a organização suspeita que outras redes sociais também estejam a ser sendo intimadas a revelar informações sigilosas dos seus clientes. Assim, a WikiLeaks pediu que Facebook e Google revelem “qualquer intimação que tenham recebido da Justiça americana”.

Reacção da Islândia
O ministro do Interior da Islândia, Ögmundur Jonasson, considerou que o pedido de fornecimento dos dados privados da deputada islandesa Birgitta Jónsdóttir é “muito estranho e grave.”
“Claro que é um assunto muito sério. Ela é deputada do Parlamento islandês e, além disso, também é membro da comissão de Relações Exteriores do Parlamento”.
E prosseguiu: “As informações da Wikileaks apenas atingiram pessoas que trabalham nos bastidores. Acho que se conseguirmos fazer um governo transparente e dar a todos uma percepção do que está a acontecer em países envolvidos em guerra, só pode ser para o bem. “
Para o ministro dos Negócios Estrangeiros islandês, Oessur Skarphedinsson, não é aceitável a atitude das autoridades dos EUA. “De acordo com os documentos que vi, um parlamentar da Islândia está a ser investigado num caso criminal nos Estados Unidos por nenhuma razão”, disse Skarphedinsson à rádio pública.

“É intolerável que um representante eleito esteja a ser tratado assim”, disse. O governo islandês pediu explicações ao embaixador dos EUA. A deputada islandesa viaja na terça para o Canadá, para participar de um seminário, e disse que precisa de saber se é seguro viajar para o exterior. “Eu não sei se posso ir para os EUA, sem arriscar que o meu telefone ou o computador sejam confiscados.”

Anúncios

Read Full Post »

Descobertas na paleontologia, avanços na luta contra a Aids, confirmação de água na Lua e de moléculas orgânicas fora do Sistema Solar –e muitos planetas fora dele. Assistimos à década mais quente do planeta e a uma conferência do clima fracassada.

 Folha On-line, 30 de dezembro de 2009

Foi o ano em que o telescópio Hubble, mais importante “olho” da humanidade ante o Universo, sofreu reparos –e, a partir disso, nos proporcionou imagens magníficas. Foi em 2009 que o maior colisor de partículas do mundo, cujo objetivo principal é recriar o ambiente do Universo depois do Big Bang, foi religado em funcionamento parcial –e, ainda assim, quebrou recordes mundiais de energia.

Veja, abaixo, os principais fatos da ciência em 2009. (mais…)

Read Full Post »

Folha Online, 31 de dezembro de 2009 

Em 2009, Bing e Wave (buscador da Microsoft e comunicador do Google, respectivamente) eram palavras desconhecidas até mesmo para “habitués” do noticiário de tecnologia. Já Twiter, Chrome e Facebook, longe de serem novidades, foram citados muitas vezes no decorrer do ano. Em comum, temos cinco marcas que começam 2010 em alta, com grande exposição.
Por outro lado, nos próximos meses algumas plataformas podem ser sepultadas de vez da rotina da web: caso do Second Life e do MySpace, ambos em declínio.

Relembre abaixo os fatos que marcaram o ano da tecnologia, do afastamento de Steve Jobs às panes da Telefônica, da guerra de direitos autorais na web à chegada do Kindle no Brasil. (mais…)

Read Full Post »